Enade 18 de Março de 2020

Inep participa de reunião no Conif para debater atualização do Enade

A atualização dos instrumentos do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) foi tema da 104ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), em sua sede, em Brasília (DF). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) tem participado de uma série de encontros com setores da educação superior do país com o objetivo de manter um diálogo em relação a eventuais aperfeiçoamentos no exame.

Os 38 reitores de Institutos Federais e os três diretores do Colégio Pedro II e dos Centros Federais de Educação Tecnológica de Minas Gerais e Rio de Janeiro ouviram os coordenadores da Diretoria de Avaliação da Educação Superior do Inep, que apresentaram propostas de setores representativos desta etapa do ensino. “A avaliação da educação superior precisa contemplar as diversas missões das instituições, a questão regional e o modelo de ensino”, ponderou Fernanda Marsaro, coordenadora-geral de Controle de Qualidade da Educação Superior do Inep.

A diretoria do Conif, que foi empossada no início deste ano, acompanhou a explanação e manifestou dúvidas que foram respondidas pelos representantes do Inep. Ficou definido que os representantes do conselho farão um documento comum com contribuições que atendam aos interesses comuns da rede federal. “O trabalho que está sendo feito pelo Inep tem uma relação muito grande com o que estamos desenvolvendo na rede”, declarou o reitor do Instituto Federal do Espírito Santo, Jadir Jose Pela, presidente do Conif. “O conselho pode contribuir com diversas sugestões e irá construir um documento efetivo”, concluiu Pela.

Enade 2020 – Na edição de 2020, os procuradores institucionais e os coordenadores de cursos avaliados farão um enquadramento automático no Sistema Enade. A equipe técnica do Inep vem se debruçando sobre estudos para alinhar outras alterações para serem implantadas no futuro. Faz parte do processo de consultas a abertura de um canal de comunicação direto do Inep para receber subsídios dos interessados e estudiosos desse processo de avaliação.

Entre os desafios a serem superados no Enade, está o comprometimento do estudante concluinte dos cursos avaliados. “Uma demanda recorrente é como estimular o estudante a se dedicar 100% para demonstrar as competências que ele adquiriu ao longo do curso naquela tarde da prova”, explica Ulysses Teixeira, coordenador de Gestão de Exames do Inep. “Não é possível, por determinação legal, incluir a nota do participante no histórico”, adianta Teixeira. Há obstáculos legais e logísticos para a ação, além de desvirtuar os objetivos do Enade, que é a avaliação de cursos e instituições.

Enade – O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, componente curricular obrigatório dos cursos de graduação, é constituído por um Questionário do Estudante e uma prova para avaliação de desempenho dos estudantes, composta por itens de formação geral, comuns aos cursos de todas as áreas, e de componente específico. Aplicado pelo Inep desde 2004, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).