Institucional 30 de Agosto de 2019

Inep debate os desafios das avaliações digitais na 10ª Reunião da Abave

As avaliações educacionais sob o impacto das novas tecnologias e a segurança da informação foram discutidas nesta sexta-feira, 30 de agosto, na 10º Reunião da Associação Brasileira de Avaliação Educacional (Abave), em São Paulo. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelos principais processos avaliativos educacionais do país, foi representado pelo diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais, Camilo Mussi.

Na oportunidade, o diretor falou de aspectos relacionados à implantação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital, a partir de 2020. “Excelente a troca de experiências. Foi consenso entre os palestrantes e ouvintes a necessidade da implantação das avaliações eletrônicas e que a superação dos desafios pode ser construída", relatou Mussi. A aplicação ocorrerá em modelo piloto para 50 mil pessoas em 15 capitais do país. Os participantes poderão escolher no ato da inscrição se irão fazer a prova em papel ou pelo computador. A mudança será progressiva e deve estar consolidada em 2026.

Abave - Sob a temática “Avaliação educacional no Brasil: o desafio da qualidade”, a 10ª Reunião da Abave aborda a pauta em diversas mesas e palestras proferidas por especialistas. O encontro reúne pesquisadores e profissionais dedicados ao desenvolvimento de propostas de avaliação educacional. Na quinta-feira, 29 de agosto, o diretor de Estatísticas Educacionais do Inep, Carlos Eduardo Moreno, falou a respeito da “Medição das desigualdades educacionais no Brasil: desafios e propostas”. Moreno afirmou que o evento foi uma oportunidade para a equipe se atualizar em encontro técnico-científico da área de atuação do Inep. “É possível perceber o impacto e a contribuição da produção do Inep para o desenvolvimento científico, a partir do uso das estatísticas, dos indicadores educacionais e dos resultados das avaliações como referências em estudos e pesquisa”, explicou o diretor.

Rbep - Durante o evento, o Inep marcou presença com um estande institucional para divulgar as principais publicações científicas do instituto. Publicada pelo Inep, a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (Rbep), que completou 75 anos em julho, por exemplo, conquistou grande prestígio e passou a fazer parte de um grupo seleto entre revistas em educação, estando entre os 12% de revistas com a nota máxima no Qualis Periódicos, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes): A1 em “Ensino” e A2 em “Educação”. Foram distribuídos mais de 1,2 mil exemplares da revista, além de outros títulos também publicados pelo Inep, como o periódico Em Aberto, a série PNE em Movimento e a série Textos para Discussão.

Conheça as publicações do Inep

Acesso o portal do Inep