Enade Manchete 23 de Julho de 2019

Inep recebe professores de todo o país para confeccionar as provas

A elaboração das provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2019 já começou. Desde o início desta semana, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) recebe mais de 200 professores da educação superior para montar as provas que compõem o exame, que será aplicado em 24 de novembro. Selecionado pelo instituto, o grupo de profissionais é composto, em sua maioria, por mestres e doutores nas suas especialidades, sendo que grande parte deles já prestou serviços como colaboradores de questões para o Banco Nacional de Itens da Educação Superior (BNI-ES), que fornece itens com qualidade técnica para as diversas avaliações aplicadas pelo Inep.

O trabalho é realizado em 30 comissões assessoras de área, compostas por sete docentes cada, vindos das cinco regiões do país. A distribuição garante a diversidade cultural dos elaboradores das provas. Nesta edição, serão avaliados 29 cursos das áreas descritas no edital do Enade de 2019, além da prova de formação geral. As comissões preparam as 30 questões para cada componente específico, sendo três discursivas, enquanto a prova de formação geral é constituída de dez questões, sendo duas discursivas, e é comum a todas as áreas.

Segurança – Os professores das comissões exercem as atividades em uma sala segura situada no Inep, ambiente rigorosamente controlado, onde não é permitido entrar com nenhum acessório eletrônico, além de ser proibido entrar ou sair com qualquer material sem autorização e supervisão. Se houver necessidade de consultar alguma bibliografia, por exemplo, o procedimento é monitorado. São medidas que garantem a segurança das ações que envolvem a confecção das provas.

Após a finalização da primeira versão das provas, todas as questões são submetidas à revisão pelo Inep. A etapa seguinte é o retorno dos colaboradores das comissões assessoras para a checagem final, antes de seguir para a gráfica.

Cursos 2019 – Este ano serão avaliados os estudantes dos cursos de bacharelado em ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e dos cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e segurança. As provas serão aplicadas em 24 de novembro.

O Enade tem por objetivo avaliar o desempenho dos estudantes com relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação e superiores de tecnologia. A inscrição dos estudantes é responsabilidade dos coordenadores de curso e deve ser feita até 11 de agosto. Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do Inep.

Confira o edital do Enade 2019

Veja as portarias com diretrizes de cada área

Acesse o Sistema Enade

Fale Conosco pelo Autoatendimento